Tons
(ou: o que acontece quando se conversa com um pintor)

Perdoe-me, eu posso ficar aqui todo o dia
E mesmo assim não vou ver o mesmo que você 
Nunca terei nada além dessa visão fria
Verei cores diferentes mas nunca um degradé

Claro que nem tudo é preto ou branco
Eu sei que existem nuanças e tons
De razão um muito e de emoção um tanto,
É assim que os encaro, os ruins e os bons

Sou seco, sempre os vejo em limpos pratos
Como assim não é desse modo que se pinta?
Caro amigo, você estava falando de quadros?
Não! Estava falando dos fatos da vida!


 

01/03

Histórico:

 

Uma brincadeira com as palavras, para um mundo com diferentes pontos de vista.

 

RS