Sonhar
(ou: não é difícil fechar os olhos e ver tudo preto, mas sim ver tudo branco)

Pouso minha cabeça,
relaxo meu corpo
e no escuro eu te encontro,
permeada de encanto,
híbrida de real e sonho
se acordo me faço em pranto
mas, se continuo no paraíso,
sou gozos e delírios,
olhares e sorrisos,
abraços e beijos,
apenas sentimentos.


 

06/03

Histórico:

 

Aquele segundo antes de ir para o mundo dos sonhos.

 

RS