Olhares

Sussurro, sopro do ar,
o ouvido a esperar não apenas as palavras
mas deseja escutar o próprio coração
que se confunde ao teu.
Não apenas o toque mas a sensação
Pulsa, bate e transmite a emoção pelo olhar
e faz o indivisível brilhar
e some o espaço que divide
o indivisível.
Nada entre nós pode,
nem poderá, existir.


 

05/03

Histórico:

 

Às vezes é um átimo de segundo. E a poesia se faz.

 

RS