Às vezes

Às vezes acordo no meio da noite,
te vejo e não quero mais nada.
É um sonho estar acordado.
Toco teus cabelos e tua pele,
lembro do primeiro dia que vi minha amada.
Entre suas amigas
eu não tive olhos,
pra além de só você,
a primeira que eu quis fazer feliz
e também quis fazer mulher,
mas não apenas me divertir
e guardar num caderno de telefone.
Amar, verbo que nunca tinha conjugado
conjuguei junto com casar.
toda a beleza que eu vejo em você
só uma parte o espelho consegue imitar.
Se eu tiver que escolher
o que me faz bem
não há o que pensar
estar com meu amor
é meu bem-estar.
Com esse meu jeito
quieto e engraçado
torço para ler meus pensamentos
e se através das palavras
tento conquistá-la
numa sorriso me responde calada,
me mostra que já sou uma parte tua
e minha face tenta imitar a sua.
Minha felicidade é ganhar um beijo seu,
ver tevê no sofá com você
ou ter a benção
de escutar o teu riso
por ter esquecido
de passar algo no pão
que eu levei pro seu café na cama.
me deixa nas nuvens escolher
a tinta do nosso quarto,
me emociona
poder dizer nosso quarto,
me deixa feliz estar
aqui na cama com você.
te afago, te abraço,
um beijo, boa noite,
meu amor.

10/03

Histórico:

 

Às vezes é o admirar de um sorriso. E basta.

 

RS